Marcos Flaksman
 

"Não estamos fazendo uma refilmagem de um filme de caráter mexicano, a nossa versão tem a cara do Rio de Janeiro!"

Quais são as suas expectativas quanto ao sucesso de Sexo Amor e Traição?
Um elencaço reconhecido do grande público e todos de muito talento. Acho que a adaptação do roteiro para o tempero brasileiro foi dar um passo a frente. Não estamos fazendo uma refilmagem de um filme de caráter mexicano, a nossa versão tem a cara do Rio de Janeiro!
Como foi o processo de elaboração da arte no filme?
Como todos já sabem esse filme é um remake. E a nossa adaptação manteve as características de uma comédia romântica onde os personagens são vizinhos de um apartamento de frente para o outro que se devassam entre si. Essa locação foi difícil de encontrar, pois os personagens são casais de classe alta, e aqui no Rio de Janeiro, quem pertence a essa classe provavelmente não mora em apartamentos devassados. Mas com sorte encontramos um lugar deslumbrante que fica entre a praia de Ipanema e a Lagoa Rodrigo de Freitas: zona sul da cidade.
A partir daí nós precisávamos dos links de um apartamento visto pelo outro, pois essa é a história. Um dos apartamentos filmamos em estúdio.

Como foi trabalhar com o Jorge Fernando?
O cinema impõe algumas diferenças da televisão. Não pela concepção, e sim por se tomar conhecimento de trabalhar por planos e com uma câmera só, já que na televisão existem de duas a três câmeras ao mesmo tempo e o corte é feito na mesa de edição.
Nada disso é um problema, ao contrário é um presente. E a maior qualidade de uma pessoa é adorar fazer o que faz. É uma relação de estar no mesmo barco, todos aderindo ao mesmo projeto e fazendo a sua parte. Envolve muita gente.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  promoções