Daniel Filho: história profissional

 

Daniel Filho vem de uma extensa linhagem circense e de artistas performáticos itinerantes. Começou a atuar em musicais aos 15 anos. Em 1966, a Globo começou a produzir suas famosas novelas. O nascimento da era da telenovela marca o momento em que o cresimento pessoal de Daniel começou a coincidir com o crescimento da maior rede de televisão da América Latina. Sua participação como produtor e diretor foi de fundamental importância para a criação do formato e do estilo das mundialmente famosas novelas. Ele dirigiu mais de 20 delas, como "Roque Santeiro" e "Dancing Days".

Desde 1998, Daniel foi o Diretor Criativo de todos os produtos da Rede Globo e durante as temporadas de 1998-1999 ele lançou programas novos que ainda são passados hoje. Ele dirigiu várias séries de TV, incluindo "Malu Mulher" e "Sai de Baixo". Também em 1998, Daniel assumiu a parte de criação e direção da Globo Filmes. Dentre suas produções, destacam-se "Carandiru" e "Cidade de Deus". Sua última direção na Globo Filmes foi "A Partilha", com prêmio de melhor filme na escolha popular do Festival de Gramado(2002). Agora prepara seu próximo longa, "A Dona de História".